Memória e Educação dos sentidos em Walter Benjamin

Priscilla Stuart da Silva

Resumen


Este artigo pretende explorar a noção de educação dos sentidos nos ensaios Diário de Moscou e Infância berlinense: 1900, de Walter Benjamin, destacando o importante papel da memória como principal elemento formativo das esferas individual e coletiva. Pensamos que há no pensamento do filósofo berlinen se uma nova configuração da sensibilidade fornecida pelas grandes metrópoles modernas e pelas figuras de resistência e de limiares, como a criança e o viajante nos textos analisados.

Palabras clave


educação dos sentidos; memória; Walter Benjamin

Texto completo:

PDF (Português)

Número de visitas del artículo: 84

Número de descargas: 46

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2014 Priscilla Stuart da Silva

URL de la licencia: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/3.0/es/legalcode.es

Constelaciones. Revista de Teoría Crítica
ISSN 2172-9506