O Caráter Formativo do Não-Idêntico. Uma reflexão a partir da Dialética Negativa de Th. W. Adorno

  • Rosalvo Schütz Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE

Resumen

Defendemos que a valorização da educação repousa sobre esperanças legítimas de uma vida e de um mundo melhor. Sua redução a significados requeridos pelo mercado escamoteia os potenciais emancipatórios subjacentes a essa legitimidade. Através da noção de semiformação, desenvolvida por Th.W.Adorno, pretendemos contribuir para a compreensão deste mecanismo neutralizador do potencial educativo. Simultaneamente, com a ajuda do mesmo autor, assinalamos a importância e centralidade da valorização de aspectos não idênticos ao sistema enquanto constitutivos num processo de formação crítica e solidária. O não-idêntico pode manter viva a esperança que apontapara além das relações de domínio e exploração pressupostos pela sociedade atual.
Publicado
2016-02-19
Cómo citar
Schütz, R. (2016). O Caráter Formativo do Não-Idêntico. Uma reflexão a partir da Dialética Negativa de Th. W. Adorno. Constelaciones. Revista De Teoría Crítica, 6(6), 104-121. Recuperado a partir de http://constelaciones-rtc.net/article/view/855