Reflexoes críticas acerca do processo de Bolonha à luz das contriuiçoes de Herbert Marcuse e Paulo Freire

  • Stefan Klein Universidade de Brasilia, SOL/UnB
  • Sabrina Fernandes Carleton University

Resumen

O artigo tem o intuito de, a partir das teorias críticas elaboradas tanto por Herbert Marcuse quanto por Paulo Freire, o primeiro mais voltado a um diagnóstico geral no que diz respeito ao que denominava sociedade industrial avançada, o segundo a questões envolvendo as possibilidade de uma educação emancipatória, realizar um balanço crítico de alguns aspectos do Processo de Bolonha. Buscouse, assim, focar em especial a relação com a influência exercida por parte do mercado de trabalho, analisando os documentos oficiais (comunicados) que orientam sua implementação e desenvolvimento, com atenção especial ao papel exercido pelos conceitos de employability (empregabilidade) e lifelonglearning (educação continuada).

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
2016-02-19
Cómo citar
Klein, S., & Fernandes, S. (2016). Reflexoes críticas acerca do processo de Bolonha à luz das contriuiçoes de Herbert Marcuse e Paulo Freire. Constelaciones. Revista De Teoría Crítica, 6(6), 144-166. Recuperado a partir de http://constelaciones-rtc.net/article/view/863